Com o início do verão, é importante redobrar os cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, inseto que transmite as doenças Dengue, Zika e Chikungunya. Esta época do ano é marcada pelo calor e pelas chuvas, condições propícias para o mosquito se reproduzir.

A Prefeitura de Cajamar reforça a orientação para que a população faça sua parte e colabore na prevenção e no combate ao Aedes aegypti. Uma ação útil é observar a própria casa e, assim, eliminar possíveis focos de criadouros de larvas do mosquito. Dentre as tarefas simples que podem ser feitas estão a manter tampados tonéis, barris e caixas d´água.

Outras dicas são colocar telas em ralos e mantê-los limpos, deixar garrafas com a boca virada para baixo e encher os pratinhos de vasos de plantas com areia até a borda. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, 80% dos focos de Dengue estão nas casas das pessoas. No ano de 2020, de acordo com a Vigilância Epidemiológica, o município registrou 25 casos positivos de Dengue.

COMBATE

A Prefeitura tem realizado ao longo deste ano ações de combate ao Aedes aegypti. Uma delas é o trabalho de casa a casa em diferentes regiões da cidade. Nesta ação, agentes da Divisão de Vigilância e Zoonoses, órgão da Secretaria Municipal de Saúde, visitam as residências dos moradores para fazer busca e eliminação de criadouros de larvas do mosquito. Além disso, eles dão orientações e distribuem material explicativo.

Outra ação importante de combate ao mosquito é a ADL (Análise de Densidade Larvária). Por meio da ADL, é possível prever se, nos próximos meses, o nível de infestação do mosquito estará elevado, o que colabora para o município traçar estratégias de prevenção. A ADL é feita quatro vezes ao ano: em janeiro, abril, julho e outubro.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.