O ministro da Saúde Nelson Teich pediu demissão do Ministério da Saúde nessa sexta-feira (15), antes mesmo de completar um mês no cargo.

Os motivos da demissão foram por discordâncias entre o ministro e o presidente Bolsonaro. Teich foi pressionado por semanas para indicar o uso da cloroquina para tratamento do COVID-19. Não há eficácia comprovada do remédio contra o vírus.

A sua saída foi divulgada nesta manhã pelo próprio ministério, que também marcou uma coletiva de imprensa durante a tarde para dar mais detalhes sobre sua saída.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.