O governador do Estado de São Paulo, João Doria, anunciou nesta sexta-feira (17) a prorrogação da quarentena até o dia 10 de maio em todo estado. O término estava previsto para a próxima quarta-feira (22).

Diante do relaxamento do isolamento social no estado, o índice de monitoramento chegou a 40%, considerado um valor baixo de adesão, na quinta-feira (16).

Portanto, os serviços essenciais, como serviços de saúde, logística, telemarketing, petshops, delivery, alimentação (sem consumo no local), limpeza pública, agências bancárias, lotéricas, postos de combustíveis e indústrias, devem funcionar normalmente.

Comércio, casas noturnas, shopping centers e galerias, espaços para festas, escolas públicas e privadas permanecerão fechados. No entanto, bares, restaurantes e cafés podem operar apenas com delivery e drive thru.

O governador ainda pediu para que a população permaneça em casa durante o feriado de Tiradentes (21 de abril) para atingir os 70% do índice de isolamento social e destacou a importância da ciência no combate ao novo coronavírus.

O estado registra 853 mortes provocadas pela Covid-19 e 11.568 casos confirmados da doença, segundo último balanço divulgado pelo Ministério da Saúde.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.