Jair Bolsonaro se reuniu com Luiz Henrique Mandetta na tarde de hoje (16) no Palácio do Planalto e lá, o agora ex-ministro da saúde, recebeu a notícia de sua demissão. O presidente decidiu nomear o oncologista Nelson Teich para o cargo.

A notícia foi confirmada há pouco pelo próprio Mandetta, que usou o Twitter para falar da demissão e agradecer aos auxiliares da Saúde que caminharam com ele.

“Acabo de ouvir do presidente Jair Bolsonaro o aviso da minha demissão do Ministério da Saúde. Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e de planejar o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o grande desafio que o nosso sistema de saúde está por enfrentar”, escreveu Mandetta.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.