O cadastramento biométrico obrigatório começou a ser realizado, nesta segunda-feira (18), em Cajamar. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, cerca de 54,86% dos eleitores do município já fizeram a biometria.

Na próxima eleição municipal de Cajamar, marcada para acontecer em outubro de 2020, os eleitores que não tiverem com o cadastro biométrico em dia terá seu título de eleitor cancelado.

Além de serem impedidos de votar, o eleitor fica sujeito a uma série de restrições como por exemplo: proibição de obter passaporte, renovar matrícula em instituições de ensino fiscalizadas pelo governo, inscrever-se em concurso público, tomar posse em cargo público, entre outras. 

O eleitor deve agendar o seu atendimento pelo site do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP). Para fazer o cadastramento biométrico, o eleitor deve apresentar documento oficial de identificação com foto, comprovante de residência recente e título eleitoral, se tiver.

Mais da metade dos cajamarenses cadastraram a sua biometria

A meta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é concluir a operação em todo o país até 2022. Até o início de 2019, o cadastramento biométrico em Cajamar foi realizado por 34.452 eleitores, ou seja, 54,86% do eleitorado cajamarense. Cerca de 28.343 eleitores ainda não fizeram o cadastramento biométrico.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.