- publicidade -  

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) cassou, na tarde desta segunda-feira (18), o diploma do atual vereador do PSDB, Geraldo Aparecido Lacerda Ferreira, mais conhecido como Cidão. Ele é acusado por suposta compra de votos nas eleições municipais de 2016.

O processo nº 659-26 tramita em segredo de justiça. A Justiça Eleitoral de Cajamar já havia julgado e a segunda instância confirmou a decisão. Agora, o vereador pode recorrer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília.

- publicidade -  

O Tribunal deve agora notificar o Cartório Eleitoral de Cajamar para que a Câmara afaste o vereador e emposse seu suplente, Valdeci Moreira (PRP).

Cidão pode também solicitar uma liminar no TSE até que o processo seja julgado em última instância. Caso ele não consiga este recurso, o suplente fica no seu lugar até o tramite final do processo.

Vereador se defende

Após saber da decisão, Cidão divulgou um vídeo na noite desta segunda-feira e diz ser vítima de perseguição e que irá recorrer da decisão. Veja:


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.