- publicidade -  

Uma adolescente de 12 anos, da cidade de Jarinu, na região de Jundiaí, no interior de São Paulo, tentou matar os pais e a irmã de 3 anos com veneno para ratos. A garota colocou o veneno no café dos pais e no suco de laranja da irmãzinha. O delegado Victor Oliveira Paula disse que ficou impressionado com a história e requisitou à Justiça a apreensão da menina para a Fundação Casa.

O pai, mecânico de 43 anos, se levantou na manhã de quarta-feira, 26, e foi tomar o café. Ele estranhou o sabor e questionou a mulher, uma dona de casa de 32. Ela também tomou o líquido e resolveu fazer outro para o marido ir trabalhar.

- publicidade -  

Em seguida a mulher questionou a filha, porque a adolescente havia “adoçado” o café. A garota confessou que tentou matar os dois e na noite anterior deu suco de laranja com veneno para a irmã. No entanto, afirmou que ficou com “peso na consciência” e pegou o suco de volta.

Desesperada, a dona de casa correu para o hospital com o marido. Após tratamento médico, todos foram para a delegacia e elaboraram boletim de ocorrência. O delegado pediu aos investigadores que fossem até a residência do casal para a apreensão das provas. Foram recolhidas a garrafa com a “borra” do veneno e a embalagem do produto.

Agora, os investigadores da Polícia Civil tentam detalhar como a garota conseguiu o veneno. Os policiais saíram em diligências nesta sexta-feira, 28.

A menina deu três versões diferentes, todas contraditórias. Em uma delas, disse que se inspirou no filme Charlie, Charlie.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.

- publicidade -