A tarde e noite desta quinta-feira (24) foi bastante movimentada em Cajamar. Centenas de manifestantes interditaram com pneus e madeiras a Rodovia Anhanguera, na altura do KM 39, e Rodovia Edgard Máximo Zamboto nos dois sentidos, provocando um “nó” no trânsito.

O tema do protesto foi sobre o aumento dos combustíveis no país, aproveitando as manifestações e greve dos caminhoneiros. Os manifestantes também enfatizaram os problemas da cidade e atual administração.

Após 10 minutos já com a Via totalmente interditada, a Polícia Militar Rodoviária foi acionada e chegou no local. Após 1 hora de protesto, um reforço foi acionado e uma negociação teve início.

Após a conversa, ficou acordado entre os manifestantes e policiais que o protesto teria finalização quando os pneus e madeiras fossem totalmente queimados. Mas o combinado não saiu como todos esperavam. Os policiais começaram a lançar bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo para a dispersão dos protestantes.

O repórter Kauãn Berto acompanhou toda a manifestação, que durou em torno de 2h30min. Ao vivo, ele informava as principais informações sobre a manifestação. O jornalista também foi atingido com gás lacrimogêneo lançado pelos Policiais Rodoviários.

Após a dispersão, a Via foi limpa pelo Corpo de Bombeiros de Cajamar e os dois sentidos da Rodovia Anhanguera foram liberados às 19h30.

Veja o vídeo com o Drone do Diário Cajamarense

Rodovia Edgard Máximo Zamboto

Além da Rodovia Anhanguera, manifestantes também atearam fogo na Rodovia Edgard Máximo Zamboto, conhecida como Estrada de Campo Limpo. Segundo apuração, manifestantes aproveitando da manifestação na Anhanguera, foram ao local e atearam fogo em dezenas de pneus, causando a interditarão da Via.

Novamente a Polícia Militar Rodoviária acompanhou pacificamente a manifestação que desta vez não contou com a presença de muitas pessoas que após o início do incêndio, saíram do local.

A Rodovia foi liberada por volta das 19h20min.

 


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.