A Prefeitura de Cajamar realiza neste domingo, 29, uma força-tarefa de limpeza de ruas e avenidas que estavam sujas. Funcionários da empresa “Tejofran” foram destinados para a realização dos serviços que incluem também a limpeza de locais públicos.

Após a polêmica com o lixo e a sujeira, a Rede Record de Televisão esteve em Cajamar nos últimos dias e realizou uma reportagem sobre a falta de limpeza na cidade. A matéria deve ir ao ar na próxima quarta-feira (3).

O repórter Rafael Machado foi até a Prefeitura de Cajamar na última sexta-feira (27) e entrevistou o Chefe de Gabinete, Ricardo Gama, que comentou que os serviços não estavam com problemas e que estavam sendo realizados frequentemente.

O CASO

Tudo ocorreu devido a demissão de todos os trabalhadores da Frente de Trabalho, após uma ADIN (A Ação Direta de Inconstitucionalidade) Nº 2102534-95.2017.8.26.0000, da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo, que pediu ao Tribunal de Justiça o fim da frente de trabalho em Cajamar. Na ocasião, a procuradoria entendeu que a frente de trabalho estava sendo usada para apadrinhamento político, burlando supostamente o concurso público.

Para complicar ainda mais a situação, as demissões dos comissionados piorou ainda mais o que já estava ruim, pois boa parte dos trabalhadores dos serviços públicos, aqueles que com a “Enxada e Pá”, realizavam os serviços de capinamento nas ruas e avenidas, foram demitidos.

A Prefeitura diz que os concursados estão sendo chamados, porém que o processo é lento e os serviços serão normalizados gradualmente à medida em que as novas contratações vão sendo realizadas.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.