As Diretorias de Esporte, Educação, Saúde e Desenvolvimento Social, em parceria com o Sítio Agar e a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Cajamar, se preparam para o “Special Olympics Brasil” do próximo ano

O Special Olympics Brasil acontece neste final de semana, sábado (21), e domingo (22) na cidade de Suzano. Os profissionais de Cajamar, Carlos Magno, Everton Agostinho, Leandro Mantegazza, Sérgio Brás e Messias Costa serão responsáveis pela organização e arbitragem da modalidade bocha no evento, que terá atletas dos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Pará, Ceará e São Paulo.

O Special Olympics é uma fundação internacional sem fins lucrativos, que tem como missão criar oportunidades para o desenvolvimento de habilidades, a partir de treinamentos e competições esportivas de pessoas com deficiência intelectual.

- publicidade -  

O diretor de Esportes Eventos e Lazer, professor Everton Agostinho, que integra a equipe de arbitragem do evento, afirma que a quantidade de atletas regulares e parceiros (o atleta com deficiência e o atleta sem deficiência) cresce no Brasil e no mundo. “Os jogos nacionais especiais, potencializam a inclusão social, oportunizam os deficientes intelectuais, as modalidades unificadas são muito importantes, fazem muita diferença na vida dos atletas”.

No Brasil, são dez modalidades esportivas: atletismo, basquete, bocha, futebol, natação, ginástica rítmica, tênis, tênis de mesa, vôlei de praia e judô.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.

- publicidade -