- publicidade -  

No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher a Divisão de Nutrição, com a colaboração de estagiários, enfermagem e psicologia homenagearam a população feminina com palestras sobre “Saúde da Mulher” e “Alimentação Complementar após os seis meses a um ano de idade”.

De maneira enfática a nutricionista Jéssica Alves da Silva explicou que a “papinha” é um complemento da alimentação e não substitui o leite materno. “É importante que se ofereça entre os seis meses e um ano, preparando com mínimo de sal e óleo e não utilizar temperos industrializados e nem liquidificador. As refeições devem conter todos os grupos alimentares: proteínas, carboidratos, frutas e cereais, preferencialmente um de cada grupo”, disse.

- publicidade -  

Com relação às frutas a profissional ressaltou que deve ser introduzido um sabor de cada vez para que a criança possa identificá-lo e reconhecê-lo depois.

De acordo com o setor a alimentação complementar começa aos seis meses, com três refeições por dia, sendo duas papas de frutas amassadas e uma salgada de verduras, legumes, cereais (arroz), leguminosas (feijão, grão de bico, lentilha e ervilha fresca), tubérculos (batata, mandioca, inhame) carnes ou ovos. Tudo amassado com garfo, acrescentando aos sete meses mais uma papa salgada.

Entre oito e 11 meses a criança já pode ingerir alimentos em pedaços ou desfiados para estimular a mastigação e com um ano começa a alimentar-se como toda a família, evitando-se produtos industrializados, gorduras, açúcares e frituras.

“A família tem uma grande responsabilidade em relação à alimentação dos filhos, porque se o pai ou a mãe não come determinado alimento, este comportamento será imitado. Por isso é importante que todos tenham hábitos alimentares saudáveis”, concluiu a equipe de nutrição.

O dia terminou com a degustação de papa salgada de mandioquinha com frango, cebola e couve desenvolvida na cozinha experimental da UBS.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.