Os investigadores da Polícia Civil de Jundiaí detiveram Pedro Henrique Maximiano de Oliveira, de 21 anos, morador no Parque Cecap, que pichou nas madrugadas do Carnaval os prédios da Catedral Nossa Senhora do Desterro, do Solar do Barão de Jundiaí e os monumentos As Caravelas, todos na Praça do Centro.

Os policiais do 1º Distrito da cidade, junto com a Delegacia Seccional, realizaram intenso trabalho de inteligência monitorando as redes sociais e conversando com jovens que fazem grafite, até chegar ao autor das pichações.

Pedro Henrique disse que naquela madrugada estava “drogado” e não sabe o que fez. Disse que pichou muitos outros imóveis no Centro da cidade. Que está arrependido pelo que fez e nunca mais vai pichar nada.

Desde o início do ano está em vigor uma nova lei do prefeito Luiz Fernando Machado, com multa de R$ 37 mil para cada pichação. Como até o momento foram identificadas três pichações a monumentos que são de autoria de Pedro Henrique, a Prefeitura vai cobrar dele a multa total de R$ 111 mil, fora o processo que deverá responder na Justiça para reparar os patrimônios, com os valores das reformas.

Reportagem por: Jornal da Região – JR.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.