Funcionários do Hospital Regional estão em greve e cobram pelos salários atrasados. – Foto: Divulgação

Nesta manhã de terça-feira (13), os funcionários do Hospital Regional de Cajamar, localizado no Polvilho, entraram em greve e moradores estão sem atendimento. De acordo com os funcionários, o motivo da paralisação é a falta de pagamento de salários. No local estão sendo realizados apenas os serviços de urgência e emergência.

Único da cidade, o Hospital Regional atende pacientes de outras cidades, como Santana de Parnaíba e o bairro Morro Doce. Em média, são 4 mil atendimentos por mês, entre pronto-socorro, internações e consultas.

Os salários estão atrasados há meses, de acordo com os funcionários que trabalham no local. Os atendimentos só serão normalizados quando a situação financeira for resolvida, segundo eles. “Está difícil a gente sobreviver com isso. A nossa reivindicação é que seja acertado o nosso salário. Enquanto isso, a gente não retorna”, disse a enfermeira que pediu para não ser identificada.

Com esta situação, os moradores e pacientes ficam assustados. Somente os casos mais graves serão atendidas no hospital, preocupando a população que procuram atendimento.

A FENAESC, empresa que administra o Hospital Regional ainda não se pronunciou a respeito da paralisação.

O diretor de Saúde, Dr Talles, se encontrou com os grevistas e garantiu que a situação dos salários será resolvida nesta terça-feira (13).


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.