Os funcionários do Hospital Municipal de Cajamar e das Unidades de Saúde da Família (USF) decidiram continuar em greve, nesta quarta-feira (14), apesar da Fenaesc ter depositado o pagamento do salário do mês de dezembro que estaria atrasado.

Segundo os funcionários a Fenaesc, depositou apenas o salário do mês de dezembro. A categoria ainda reivindica os pagamentos em atraso do 13º salário, do vale refeição e vale transporte.

Em Cajamar, 70% dos funcionários da Fenaesc estão em greve, incluindo enfermeiros, seguranças, equipe de limpeza, manutenção e recepcionistas.

Apesar da greve o Hospital Municipal mantém atendimento parcial com prioridade em emergências.

Segundo nota da Fenaesc, o pagamento já estava programado para acontecer na data de hoje (13), segundo o Diretor Administrativo Ricardo Bonifacio, “Apesar do atraso, já estava previsto o pagamento para a data de hoje”.

Protesto

Está agendada para esta quarta-feira (14), um protesto dos funcionários da Fenaesc com saída da Unidade de Saúde da Família em Cajamar-Centro, com destino a Prefeitura. Entre as reivindicações está o pagamento da primeira parcela do do 13º salário. O protesto será realizado por volta das 8h da manhã.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.