Pezão que está em seu terceiro mandato como vereador já ocupou o cargo de presidente do Legislativo por duas vezes. 

Ricardo Rodrigues/eCAJAMAR – redacao@ecajamar.com.br

Em reunião com lideranças regionais e municipais, o PPS (Partido Popular Socialista) de Cajamar decidiu que vai disputar eleição para prefeitura neste ano. O nome escolhido pelo partido é do presidente Aguinaldo Aparecido Camonge, o Pezão (PPS), que se colocou como pré-candidato da sigla.

Pezão que atualmente ocupa o cargo de vereador pelo partido, já havia ocupado por duas vezes o cargo de prefeito interino, após Daniel Fonseca (PSDB) ter sido cassado pela Justiça Eleitoral.

Pezão (PPS) vistoriando as obras de pavimentação da Vila União em 2014 – Foto: André Skamoraukas

Na primeira vez, Pezão ficou no cargo por alguns dias até que uma liminar concedida pela Justiça fizesse com que Daniel voltasse para a Prefeitura. Já na segunda vez, Pezão ocupou o cargo em 20 de outubro de 2014, permanecendo por 84 dias como prefeito interino.

Na época a posse de Pezão foi exigida pela Justiça Eleitoral que havia negado todas as instâncias e liminares de efeito suspensivo, feita na época por parte de Daniel (PSDB).

Pezão que está em seu terceiro mandato como vereador já ocupou o cargo de presidente do Legislativo por duas vezes. 

Obras

A frente do poder executivo municipal Pezão foi responsável pelas pavimentações dos bairros da Vila União em Jordanésia, Vila Nova em Cajamar-Centro e da avenida principal do Acampamento Florim, bairro que fica á menos de 100 metros do Paço Municipal.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.