O Tri­bu­nal de Con­tas re­jei­tou pela terceira vez a compra dos kits es­co­la­res, fei­ta pela Prefeitura de Cajamar

Reportagem: Kauãn Berto/ Diário Cajamarenseredacao@diariocajamarense.net

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) mandou suspender pela terceira vez a licitação dos kits escolares que serão distribuídos nas escolas municipais de Cajamar em 2016.

Pa­ra o Tri­bu­nal, há irregularidades no processo licitatório aberto pela Prefeitura. O va­lor, po­rém, não foi di­vul­ga­do no ex­tra­to pu­bli­ca­do no si­te do TCE-SP.

A prefeita do município, Paula Ribas (PSB), tem um prazo de 48 horas para apresentar a documentação com todos os detalhes da compra e, querendo, também as justificativas do pedido. “Nessas condições, e considerando que a data fixada para recebimento e abertura da documentação não propicia a submissão prévia ao Plenário, determino a suspensão do procedimento, notificando-se a responsável ANA PAULA POLOTTO RIBAS DE ANDRADE – Prefeita, para que, no prazo regimental de 48 (quarenta e oito) horas, apresente a documentação relativa ao certame e, querendo, também as justificativas que entender necessárias.”

A íntegra dos autos poderá ser acessada mediante regular cadastramento no Sistema de Processo Eletrônico – TCE-SP, na página www.tce.sp.gov.br.

https://www.diariocajamarense.com/2016/02/estudantes-de-cajamar-iniciam-o-ano-letivo-sem-kit-com-material-escolar/


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.