Ele deve assumir a cadeira de Mauro Bragato (PSDB) que recebeu sentença condenatório da Justiça

Da Redação eCAJAMAR, com Jornal da Região – redacao@ecajamar.com.br

Apesar de não ter conseguido a reeleição a deputado estadual em 2014, João Caramez (PSDB) está para retomar o cargo o qual exerceu por quatro ocasiões. Isso se deve à determinação da 1ª Vara Cível da Comarca de Presidente Prudente que estabeleceu na terça-feira, 26, o cumprimento da sentença condenatória contra o deputado estadual Mauro Bragato, também do PSDB.

Ele é apontado como um dos responsáveis por irregularidades em uma licitação para compra de 110.697 litros de leite do tipo “C”, por preçosbem acima do mercado, no período em que era prefeito daquela cidade entre os anos de 1999 e 2000.O processo estava em trâmite desde 2002 e já transitou em julgado no Supremo Tribunal Federal (STF).

Na condenação resultante de ação civil pública movida pelo Ministério Público, foi estabelecido que o tucano deve arcar com multa calculada inicialmente em pouco mais de R$ 50 mil, além da perda da função pública e da suspensão dos direitos políticos por cinco anos. Esse fator é o que favorece João Caramez na retomada do posto de deputado estadual. Por ser o primeiro suplente da coligação da coligação do PSDB, que também contava com o DEM, PPS e PRB na chapa, ele deverá reassumir uma cadeira na Assembleia Legislativa de São Paulo.

A respeito do ocorrido, o Diário da Região contatou a assessoria do itapeviense, mas até o fechamento desta edição, João Caramez não havia sido oficialmente notificado e, por esse motivo, preferiu não se pronunciar sobre o caso. Na eleição de outubro de 2014, o tucano de Itapevi levou 75.864 votos, ficando na 38ª colocação entre os candidatos mais votados de sua chapa, sendo o primeiro da lista de suplentes.

Na época, a disputa foi bem acirrada, durante a apuração, Caramez disputou voto a voto com outro companheiro tucano da região, no caso, o osasquense Celso Giglio, a diferença entre os dois foi de apenas 607 votos. Fora da Assembleia, o posto de “deputado de Itapevi” acabou ficando com Igor Soares (PTN). Além de deputado estadual, Caramez foi prefeito de Itapevi e chegou a assumir a Chefia da Casa Civil do governo estadual na gestão do falecido Mário Covas. Atualmente, ele exerce posto de subsecretário de Assuntos Parlamentares da Casa Civil na gestão de Geraldo Alckmin e preside o PSDB em seu município.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.