Rio Ribeirão dos Cristais
A forte chuva que atingiu a Grande São Paulo entre quinta e esta sexta-feira (11) fez com que a Sabesp abrisse comportas da represa Paiva Castro, que faz parte do Sistema Cantareira, informou a companhia. O objetivo, segundo comunicado, foi evitar o rompimento da barragem.
O Corpo de Bombeiros registrou 15 mortes decorrentes da chuva: nove em um deslizamento em Francisco Morato, quatro em Mairiporã, uma por afogamento em Guarulhos e outra em Cajamar.

O volume acumulado de água que entrou no Paiva Castro entre as 18h de quinta e as 6h desta sexta foi de 5,42 milhões de metros cúbicos, ou 71% do volume total da represa, que é de 7,61 milhões de metros cúbicos.  “Se não existisse a represa, a enchente em Franco da Rocha e em Caieras seria muito pior”, disse em nota a Sabesp.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.