A principal aposta do PSD na Região Metropolitana é em Cajamar

Reportagem: Ricardo Rodrigues/eCAJAMAR – 06/03/2016 – 12h20

A eleição municipal deste ano é pano de fundo para articulação dos partidos que pretendem tirar a hegemonia do PSDB em 2018 no governo do Estado de São Paulo.

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) não poderá se candidatar porque cumpre seu segundo mandato. O outro nome tucano que teria forças para a disputa no Estado, o senador José Serra, tem deixado claro que não pretende ficar com a vaga. Sem um nome forte no PSDB, a cadeira do Palácio dos Bandeirantes estará teoricamente vaga.

Partidos como o PSB, PSD e PTB querem aproveitar a lacuna e ampliar a participação nas prefeituras de São Paulo para ter apoio caso decidam abrir uma ofensiva na disputa pelo governo. O PT e o PMDB correm por fora na disputa e não podem ser vistos como carta fora do baralho.

Neste cenário, a Região Metropolitana de São Paulo é considerado um reduto importante para os partidos ganharem peso na disputa para as eleições de 2018.

Um dos principais caciques do PSD, o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, tem feito inúmeras peregrinações pela região e a legenda promoveu uma filiação em massa para tentar a sorte nas urnas em outubro.

A principal aposta do PSD na Região Metropolitana é em Cajamar. Atualmente presidente do PSD municipal, o empresário Danilo Joan se filiou ao partido e é nome certo para disputar a cadeira de prefeito da cidade que atualmente enfrenta uma das piores crises políticas de sua história.

Entre os prefeituráveis, Danilo Joan é o pré-candidato mais ativo entre os nomes cogitados nos bastidores da política cajamarense. Desde 2015 o empresário vem reunindo apoio de nomes conhecidos e desconhecidos do cenário político da cidade.

Com 4.328 seguidores em sua página oficial no Facebook o pré-candidato Danilo Joan, será uma das opções para o pleito de 2016.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.