Preço subiu de R$ 3,40 para R$ 3,80 devido a fatores como a inflação, que fechou em 10,67% em 2015

Usuários do transporte público de Jundiaí que utilizam uma das formas do Bilhete Único, o que representa 80% dos passageiros, não serão afetados pelo aumento da tarifa de ônibus, válido a partir deste domingo (10).

O preço, que subiu de R$ 3,40 para R$ 3,80, será sentido apenas para os usuários que pagam a passagem em dinheiro. Do Bilhete Único, implantado em 2014, quem embarca pelo Vale Transporte (VT), por exemplo, vai continuar desembolsando R$ 3.

O Bilhete Único Escolar, para os estudantes, também permanece com seu valor inalterado, a R$ 1,50. A tarifa social a R$ 1, aplicada no primeiro e terceiro domingo de cada mês, também será mantida.

O reajuste, que acontece simultaneamente na cidade de São Paulo, foi desencadeado pela inflação – que fechou em 10,67% em 2015 -, aumento dos combustíveis e reajustes salariais das empresas de ônibus.

A Prefeitura de Jundiaí lembra que, considerando o último reajuste geral, o valor de R$ 3 na passagem é o mesmo desde maio de 2012. Para permitir que os usuários do Bilhete Único não paguem o novo calor tarifário, o Executivo vai desembolsar, por meio do subsídio, R$ 3,56 por passageiro assim que ele passar pela roleta do ônibus ou do terminal. Em 2015, esse valor era de R$ 3,07.

fonte: http://www.jj.com.br/noticias-25300-tarifa-sobe-para-r$-380-mas-bilhete-fica-em-r$-3

 

Deixe seu curtir em nossa página do Facebook

[wpdevart_like_box profile_id=”DiarioCajamarense” connections=”show” width=”300″ height=”214″ header=”big” cover_photo=”show” locale=”pt_BR”]


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.